Bem-vindo ao “Guia de Instalação do Arch Linux – Passo 1: Instalação Básica”. Neste guia, vou mostrar como instalar o Arch Linux usando etapas simples!

Este guia destina-se a ajudar alguém a instalar a distribuição Arch Linux em seu Computador. O guia pressupõe que você tenha alguma familiaridade com o sistema linux e esteja confortável, trabalhando a partir da linha de comando, mas não exige que você seja um especialista. Aprendemos muito fazendo e se você quiser saber mais sobre como o linux opera, o Arch Linux é uma excelente opção por muitas razões.

  • Porquê Arch?

Uma das maiores vantagens da distribuição Arch Linux é a sua simplicidade na abordagem e atitude. O Arch Linux Beginner’s Guide descreve esta atitude muito bem:

Os princípios de design por trás do Arch são destinados a mantê-lo simples

«Simples», neste contexto, significa «sem adições, modificações ou complicações desnecessárias». Em resumo; Uma abordagem elegante e minimalista.

  • Alguns pensamentos a ter em mente ao considerar a simplicidade:

“Simples” é definido de um ponto de vista técnico, não um ponto de vista de usabilidade. É melhor ser tecnicamente elegante com uma curva de aprendizado mais alta, do que ser fácil de usar e tecnicamente [inferior]. “- Aaron Griffin

“A parte extraordinária de [meu método]reside em sua simplicidade … A altura do cultivo sempre corre para a simplicidade”. – Bruce Lee

Arch lhe dá a capacidade de construir o seu sistema a partir do zero, incluindo apenas o software que você realmente precisa. Isso minimiza a quantidade de espaço do pendriver necessária para armazenar o sistema operacional no seu computador, deixando mais espaço para tudo o que você estará fazendo.

Em uma nota cautelar, Arch se move à frente como a tecnologia que evolui, e isso às vezes pode levar a documentação ficar para trás. Arch terminou sua transição para o SystemD a partir dos antigos scripts. Quaisquer guias ou informações que fazem referência a esses scripts ou a um arquivo chamado /etc/rc.conf agora são depreciados e provavelmente quebrarão seu sistema.

 

Sumário:

Download e criar pendriver bootavel

  • Faça o download do Arch Linux: AQUI { Obs: Ñ esqueça de checar MD5 da ISO }
  • Para criar um USB bootable no Windows/Linux use o Etcher ou Rufus
  • Para criar um USB bootable usando o comando (dd) no Linux:

######### INSTALAÇÃO DO ARCH LINUX ###############

 

Verifique o modo de inicialização: ( UEFI )

Se este comando listar as variáveis EFI, isso significa que você iniciou a operação com sucesso no modo EFI. Caso contrário, reinicie no menu de boot novamente e selecione o item correto lá, e não o item legacy-mode .

Se o diretório não existir, o sistema pode ser inicializado no modo BIOS ou CSM.

Conexão com a Internet

Antes de instalar o Arch Linux, verifique se o computador está conectado à Internet.

Particionamento de Disco

Estou usando GPT em vez de MBR (há muitas vantagens de GPT sobre MBR), o Arch vem com algumas ferramentas de particionamento, mas para GPT ‘cgdisk‘ é usado. No entanto, se você estiver com uma inicialização dupla com o Windows ou se você já tiver outra distro instalada, ou por algum motivo, você deseja manter o MBR, use o cfdisk em vez do cgdisk. O procedimento é o mesmo, basta executar o comando cfdisk em vez do cgdisk. Para descobri qual disco rígido foi detectado, dmesg | grep sd

 

  • Particionamento de disco BIOS

Um esquema de particionamento. (BIOS)

 

◎ Particionamento de Disco (UEFI)

◎ Um esquema de particionamento ( UEFI ) – /backup ( Opcional )

 

Formatando o disco

Se o disco rígido estiver pronto e particionado de acordo com as suas necessidades, pode movê-lo formatando-o.

Formatar a partição sda1 (/root)

Ativar a partição SWAP

Formatar a partição sda3 (/home)

◎ Formate a partição sdaX (/boot) (UEFI) ( Se for UEFI a partição /boot será a sda1)

Montagem das partições

Antes de podermos baixar e instalar os pacotes base do Arch Linux precisamos montar nossas partições e mudar para o nosso diretório root. Afinal, este é onde vamos instalar o Arch Linux.

Montagem da partição root e home

◎ Agora monte a partição: (/boot) (UEFI)

Verifique as partições com este comando

Escolha o espelho de download

Escolher a lista de espelhos mais próxima

Instalar os pacotes base do Arch Linux

Configurar fstab

Para configurar fstab (tabela de sistemas de arquivos) execute:

Você deve sempre verificar se a entrada fstab está correta ou não, que será capaz de inicializar em seu sistema. Para verificar a entrada fstab, execute:

Se tudo estiver OK você deve ver o root e o home montado.

Agora é hora de mudar para o diretório root recém-instalado para configurá-lo.

Configurar KEYMAP

A variável KEYMAP é especificada no arquivo /etc/vconsole.conf . Ele define qual layout de teclado, será usado nos consoles virtuais. Execute este comando:

Configurações de idioma e fuso horário

Para configurar o idioma do sistema, execute o seguinte comando:

Agora execute

Para ver todos os fusos horários disponíveis da América:

Agora você pode configurar a sua zona:

Vamos agora configurar o relógio do hardware, apenas no caso de termos uma data errada:

Configurar o repositório

Com este comando habilitamos o repositório multlib:

Defina seu nome de host

Configurando a Conexão

Wifi ( Instalar componentes wifi )

Criar Usuário (s)

⚫️ useradd -m -g [initial_group]-G [additional_groups]-s [login_shell][username]

Em seguida, forneça a senha para este novo usuário executando:

Não se esqueça de definir também a senha para o usuário root:

Instale o bash-completion para os comandos de preenchimento automático.

Permitir que os usuários no grupo wheel, sejam capazes de executar tarefas administrativas com o sudo:

Instalar Boot-loader (grub)

Instalar e configurar o boot-loader ( BIOS )

◎ Instalar e configurar o boot-loader ( UEFI )

◎ Caso der erro ao tentar instalar o grub, tente outro modo: (UEFI)

Desmontar as partições e reiniciar:

  Instalação do Arch Linux Concluida !! 🙂

 

Share.

About Author

Galdino0800